Aracruz sedia a 2ª etapa da V Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Espírito Santo

Publicado em: 20 de maio de 2024
Texto: Renato Lana de Faria
Imagem: Renato Lana
Aracruz sedia a 2ª etapa da V Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Espírito Santo

Aconteceu de sexta-feira (17) a domingo (19), no SESC de Praia Formosa, a 2ª etapa da V Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Espírito Santo. O evento foi uma realização da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) e do Conselho Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CONDEF), e teve como tema o “Cenário atual e futuro da implementação dos direitos da pessoa com deficiência: construindo um Brasil mais inclusivo”.

Centenas de pessoas do Estado compareceram nesta 2ª etapa da conferência, que teve a participação do governador Casagrande e o anúncio da criação de uma subsecretaria de inclusão. Aracruz esteve representada pelo prefeito Dr. Coutinho, pela presidente do CMDPD, Alline Siqueira, e pelos delegados eleitos em etapa municipal, Raphael Cruz e Vanda Borges. Na ocasião, os participantes analisaram as propostas apresentadas nas conferências municipais para o Estado do Espírito Santo e definiram aquelas que serão levadas para a Conferência Nacional, que acontecerá em julho.

“Esta conferência foi um marco para o nosso Estado. Os direitos da pessoa com deficiência puderam ser discutidos pelas pessoas que vivenciam essa condição todos os dias. Nós tivemos o privilégio de receber representantes dos 78 municípios do Espírito Santo e fazer valer um princípio inegociável para a construção de boas políticas públicas: nada sobre nós, sem nós! Em julho, estaremos em Brasília representando Aracruz e o nosso Estado com o compromisso de sempre e seriedade na defesa de igualdade de oportunidades a todas as pessoas” destacou a presidente do CMDPD, Alline Siqueira.

“Foi um enorme prazer sediar e participar deste importante momento. Durante três dias foram discutidas as contribuições, de forma significativa, para as políticas públicas relacionadas às pessoas com deficiência. Posso afirmar que foi uma grande mobilização social, com representantes de vários setores da sociedade civil organizada e governamental na busca pela garantia de acesso da pessoa com deficiência”, disse Dr. Coutinho.

Nessa segunda etapa da conferência, o principal debate se deu por meio dos eixos temáticos como as estratégias para manter e aprimorar o controle social assegurado à participação das pessoas com deficiência, a garantia do acesso das pessoas com deficiência às Políticas Públicas e avaliação biopsicossocial unificada o financiamento da Promoção de Direitos da pessoa com deficiência, além da Cidadania e Acessibilidade e os Desafios para a comunicação universal.

Compartilhe em suas redes sociais:

Últimas notícias
Serviços