Atrações Turísticas

Home • Turismo • Patrimônio Histórico e Cultural

Patrimônio Histórico e Cultural

Igreja Católica de Santa Cruz
Tombada pelo CEC (Conselho Estadual de Cultura) em 29 de Dezembro de 1986, a Igreja Católica de Santa Cruz, fica no Distrito de Santa Cruz e pertence à Cúria Metropolitana de Vitória. Atualmente sua utilização possui fins religiosos. Segundo historiadores, Santa Cruz possuía uma capela rústica, construída em 1836, uma casinha com esteio de madeira, paredes de taipa e cobertura de palhas de palmeira. Em 1857, segundo o historiador Placidino Passos, começou a ser construída a fachada, um imponente frontispício de alvenaria, sustentado por trás com estrados de madeira, mantendo os sinos no alto. De longe, tinha-se uma boa impressão do frontispício. Segundo o mesmo historiador, o pintor francês François Biard, de passagem pela Vila de Santa Cruz, desenhou a belíssima fachada com uma pequena palhoça. Já D. Pedro II, em visita a Vila em 1860, escreveu em seu livro de anotações “O Frontispício da Igreja é maior do que esta; iludindo de longe a quem o ve de frente“. A autorização de conclusão da Igreja veio em 1838, pela Lei Provincial n.º 18 autorizando o Presidente da Província, o Coronel José Thomaz Nabuco de Araújo a realizar o empreendimento. A Igreja foi restaurada em 21/12/2000, pela Prefeitura de Aracruz e Conselho Estadual de Cultura. Localizado na AV. Presidente Vargas, centro – Santa Cruz / ES.

 

Edifício Público (Casa de Câmara e Cadeia)
Tombado pelo CEC, a construção do prédio data de 1860, sendo construído para hospedar D. Pedro II, na sua passagem pela província do Espírito Santo. O antigo edifício da Câmara e Cadeia Municipal de Santa Cruz é um belo e raro exemplo da arquitetura brasileira do período imperial. Trata-se do único exemplar em nossa região com características da época. É um edifício térreo, construído em alvenaria de pedra auto - portanto, argamassados com cal de sambaqui e areia, apoiado sobre fundações de pedra. Foi construído no estilo neoclássico em 1860, para alojar D. Pedro II durante a visita do imperador a Santa Cruz. Depois serviu como sede do parlamento municipal. Depois que deixou de sediar o legislativo, o edifício cumpriu diferentes e relevantes funções como Prefeitura (quando Santa Cruz foi sede do município), Fórum da Comarca, Câmara Municipal, Escola Pré-Primária e até cadeia pública. Em 1970, o prédio foi reformado pela prefeitura de Aracruz, tendo como construtor o Sr. José Basílio Gomes, algumas alterações foram a abertura de duas portas laterais para sediar o Correio e abrigar cabines telefônicas, outras modificações ocorreram para adaptar o edifício a cada novo uso. Localizado na AV. Presidente Vargas, 239 – Santa Cruz, o Edifício pertence a Prefeitura Municipal de Aracruz.