Data: quarta, 06 de julho de 2022
Clima

Coleta Seletiva: uma grande aliada da população e do meio ambiente

17/05/2022 Foto: Humberto De Marchi (Capa) e Vinícius Gardiman (Secom)

Com o objetivo de estimular a prática de reciclagem de materiais, valorizar e proteger o meio ambiente, a Secretaria de Transportes e Serviços Urbanos (Setrans) vem atuando para que a Coleta Seletiva no município cresça e seja, de fato, uma aliada dos cidadãos aracruzenses. De fevereiro a abril, a Associação dos Catadores Recicle Aracruz recebeu mais de 119 toneladas de materiais.

Dentre os resíduos mais descartados nos Ecopontos e no recolhimento domiciliar estão vidros, papelões, papéis branco, sucatas, garrafas PET, metal, entre outros. No município, esse número cresceu, porém, ainda é pequeno; mas a Setrans acredita que essa quantidade deve aumentar durante o ano, haja vista que possui demandas de todos os cantos da cidade. Para participar é bem simples, o cidadão pode cadastrar a sua residência no telefone (27) 99619-1424 (Recicle Aracruz) ou (27) 99741-8382 (Limpeza Pública/Reciclagem) e agendar o recolhimento; ou separar o que é reciclável ou levar até um ponto de entrega voluntária (PEV). 

Os Ecopontos do bairro Segatto e do Itaputera (antiga fábrica de manilhas) já registram ótimos números do descarte regular de recicláveis. Também existe um trabalho em parceria com escolas, condomínios, igrejas, associações, entre outros. A Prefeitura identificou que, nos ecopostos espalhados pelas vias públicas, como parques e praças, a coleta não estava funcionando, além de sofrerem atos de depredação e vandalismo. 

Para a assessora técnica da Setrans, Francine Sousa, com a separação do lixo seco do úmido facilita muito o aproveitamento dos materiais. “A nossa expectativa é que a Coleta Seletiva tenha um aumento significativo, diminuindo o volume total de lixo recolhido pelo município e destinado ao aterro sanitário. Dessa forma, ajudamos o meio ambiente e, no processo de reciclagem, muitos materiais podem ser reutilizados, além de contribuir para a limpeza da cidade. É necessário que a população faça a adesão para que o número aumente e continue gerando emprego e renda, além de ajudar a contribuir com o novo Marco Legal do Saneamento Básico. Assim, os cuidados com o meio ambiente passam a ser mais relevantes, juntamente com a bandeira da sustentabilidade”, comentou. 

“O nosso compromisso é disponibilizar pontos de descarte e conscientizar a população quanto à coleta seletiva. Ajudar a preservar os recursos naturais e diminuir a geração de lixo são deveres de todos nós, enquanto cidadãos. Estamos atuando para ampliar o volume de materiais reciclados em Aracruz, com ecopontos e outros, para que a população compreenda a importância do processo”, pontuou o secretário da pasta, Almir Vianna. 

Como separar o lixo?

O ideal é ter duas lixeiras em casa, uma para o lixo orgânico e outra para o lixo reciclável, que não deve ser molhado, pois inviabiliza o reaproveitamento na Recicle Aracruz. Vidro, plástico, garrafas PET e latas são os mais comuns descartados. Embalagens gordurosas, como de pizza e outros, não servem para a coleta seletiva. 

Os materiais considerados cortantes devem ser embrulhados em jornais ou papéis de espessura mais grossa e etiquetados para que o coletor não se machuque. Também é orientado reforçar os sacos de lixo para que fique mais resistente. 

Produtos Recicláveis:

- Plásticos:

Embalagens de refrigerante (PET); embalagens de produtos de limpeza; embalagens de produtos de higiene; embalagens de frutas; legumes e ovos; tampas plásticas; copos de plástico; pratos de plástico; talheres de plástico; canudos; baldes e bacias; sacos e sacolas de plástico; brinquedos de plástico; utensílios de cozinha de plástico; escovas de dente; escovas de cabelo; parte exterior de canetas, esferográficas, acrílico.

- Vidros:

Recicláveis; garrafas de bebidas alcoólicas; garrafas de bebidas não alcoólicas; copos de vidro comum; cacos de vidro comum; frascos de molhos e condimentos; potes de produtos alimentícios; frascos de perfumes; frascos de produtos de limpeza;  vidros de janelas, vidros de automóveis.

- Metais:

Latas de óleo; latas de sardinha; latas de refrigerante; latas de cerveja; tampas de iogurte; folhas de alumínio limpas; sachês de café; embalagens de marmitex; ferragens; arames; fios de cobre; panelas sem cabo, latas de aerossol.

- Papéis:

Papéis para escrever ; papéis de escritório; cadernos; jornais; revistas; panfletos; papéis de embrulho; papéis de seda; caixas de papelão; cartolinas; papéis kraft; papéis heliográficos; papéis filtrantes; papéis de desenho; embalagens longa vida; listas telefônicas; papéis impressos, aparas de papel.


 

TEXTO: Thiago de Barros
E-MAIL: comunicacao@aracruz.es.gov.br