Horário de Brasília: 21:27
Data: quinta, 26 de novembro de 2020
Clima

Cras de Santa Cruz distribui kits com atividades educativas para famílias em situação de vulnerabilidade

11/07/2020 Divulgação Secom/PMA
Imagem aérea do distrito de Santa Cruz.

Imagem aérea do distrito de Santa Cruz.

Para dar continuidade ao trabalho de apoio e acompanhamento às famílias mais vulneráveis socialmente durante a pandemia, o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Santa Cruz começou a distribuir atividades educativas e artísticas para crianças e idosos integrantes dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV) neste período de distanciamento social e combate às aglomerações.

As atividades foram adaptadas à realidade de isolamento social e entregues em casa para 38 famílias cadastradas nos programas sociais. “O trabalho tem por finalidade manter os atendimentos e serviços, buscando não perder o elo com a comunidade e com os usuários da unidade”, conta a Secretária Municipal de Desenvolvimento Social e Trabalho (Semds), Rosilene Filipo.

Segundo a secretária, os primeiros serviços interrompidos devido ao novo coronavírus foram os relacionados aos grupos do SCFV. “Em tempos de pandemia, para tentar evitar a contaminação em massa, estamos com um protocolo de distanciamento social e, consequentemente, alguns serviços do Cras foram suspensos”, informa Rosilene.

O Cras da localidade também vem administrando, desde março, grupos de whatsapp para cada bairro com o objetivo de informar a população em estado de vulnerabilidade sobre as ações disponibilizadas neste tempo de luta contra a propagação da Covid-19.

 

Fortalecimento de laços

 O objetivo dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV) é manter a aproximação com os usuários, continuar o acompanhamento oferecido às famílias, fortalecer as relações familiares e manter o participante informado e ativo, com a ajuda de atividades lúdicas e elaboradas para serem realizadas em grupo, reunindo pais e filhos ou entre os irmãos.

“Nesse kit específico, pois cada mês enviamos atividades diferentes, trabalhamos a coordenação motora fina e a cognição para resolução de atividade”, explica a psicóloga do Cras, Tamires Amaral. Para o trabalho com os idosos, a equipe elaborou neste mês exercícios para estimular a memória, a atividade motora e a convivência familiar. Um dos trabalhos para fortalecer os laços é o incentivo ao hábito de contação de histórias.

Este é o momento, acrescenta a psicóloga, em que os familiares se aproximam e se juntam para realizarem outras ações em parceria diferentes das tarefas de rotina. “Com isso, as crianças têm acesso a um tipo de entretenimento diferente das atividades, utilizando materiais que geralmente não possuem em seu cotidiano”, conclui Tamires.

Os primeiros kits foram distribuídos pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Cras) no mês de março. A distribuição continuou nos meses seguintes. “O resultado desse trabalho tem sido muito satisfatório, assim como era nos encontros presenciais que aconteciam antes da pandemia”, relata Rosilene Filipo.

Para atender a mais famílias, a secretária acrescenta que as atividades serão disponibilizadas nos outros Centros de Referência de Assistência Social (Cras). De acordo com a coordenadora do Cras de Santa Cruz, Adriana Mori Borges, todo o mês a unidade disponibiliza um kit diferente para as famílias com novas propostas de atividades artísticas, como desenhos e dobraduras, entre outros exercícios.

Os moradores também podem se dirigir à sede do Cras para retirada do kit. O endereço é a Rua Antônio Coutinho, s/nº, Santa Cruz. O atendimento é realizado de segunda a quinta-feira, de 7 às 16 horas, e às sextas-feiras, de 7 às 13h.

TEXTO: Sumaida Zuccolotto
E-MAIL: comunicacao@aracruz.es.gov.br