Data: quarta, 28 de outubro de 2020
Horário de Brasília: 10:04
Clima

CCI oferece atividade física para idosos em isolamento social

28/04/2020 Divulgação
A empregada doméstica Maria de Lourdes Sperandio realizando as atividades físicas enviadas pelo CCI em sua residência.

A empregada doméstica Maria de Lourdes Sperandio realizando as atividades físicas enviadas pelo CCI em sua residência.

Mesmo com as atividades presenciais suspensas, devido à pandemia do novo coronavírus, o Centro de Convivência do Idoso (CCI) da Prefeitura de Aracruz buscou alternativas para beneficiar a terceira idade nesse período de isolamento social. O Centro está prestando toda assistência para combater a ociosidade e contribuir para o bem estar físico e mental dos idosos.

Segundo a coordenadora do CCI, Lucélia Santana Oenes, o serviço realiza ligações para prestar orientações e acompanhamentos e promover atividades físicas para os idosos via rede social. “Nossa assistência social está ligando para eles com o objetivo de dar todo auxílio, ouvir e verificar como estão vivendo este momento. Nossa educadora física faz a orientação ao exercício três vezes por semana via aplicativo de conversa em rede social. Os idosos podem desfrutar das aulas dentro de sua residência e com materiais que tem em sua própria casa”, conta.

A educadora física do CCI Schaiani dos Santos afirma a importância das atividades físicas para os idosos. “Sabemos que o retorno das aulas presenciais pode demorar. O exercício físico é de grande importância para a saúde e bem estar na terceira idade. O exercício é fundamental nesse processo de aumento da imunidade e da autoestima e na diminuição da ansiedade, dentre outros benefícios”.

De acordo com a professora, o grupo de rede social também ajuda na interação entre os idosos. “Além dos exercícios, eles interagem no grupo e, com a equipe do CCI, enviando vídeos e fotos das aulas realizadas, tirando dúvidas e conversando”. Segundo Schaiani, os idosos até criaram outro grupo somente para vídeos e piadas e muito bate-papo. “Nesse grupo, conversamos sobre tudo: coronavírus, política, forró, figurinhas, dicas, venda de produtos e por aí vai”, comenta a educadora.

Até o momento, 40 idosos estão realizando as atividades físicas em casa através de rede social. “Estamos verificando quem possui rede social e adicionando ao grupo para que possam receber os exercícios. Estimamos que a aderência poderá chegar ao número de 100 idosos. Infelizmente, nem todos têm acesso ao meio”, relata Lucélia.

Interação e afeto

Além da orientação ao exercícios físico, a assistência social do CCI acompanha, através de ligações, uma vez por semana, os idosos atendidos pelo Centro. “Perguntamos como eles estão, se precisam de algo, se estão cientes das orientações acerca da pandemia, se estão ficando em casa, se está sentindo alguma coisa, se estão tomando os remédios, se estão sozinhos ou com os familiares, como estão interagindo em casa com a situação. Eles sentem isso como uma forma de afeto, mesmo que por telefone, pois relatam suas angústias sobre a pandemia”, descreve a coordenadora. Lucélia acrescenta: “os idosos que forem identificados em estado deprimido serão acompanhados com mais frequência, fortalecendo as ações de apoio”.

Para a Secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Rosilene Filipe, as atividades são essenciais para que o isolamento social seja realizado. “Como os idosos são do grupo de risco, é primordial que fiquem em casa. Assim, com nossas ações, eles podem ficar menos ansiosos e realizar atividades para ocupar o tempo livre, buscando o bem estar social”, explica Rosilene.

Adesão

A empregada doméstica Maria de Lourdes Sperandio, 64, participa das atividades físicas em casa e declara gostar muito. “Estou fazendo todos os dias, me faz muito bem. Também estou sentindo muitas saudades de todos”.

O aposentado Sebastião Horácio Rodrigues, 78, que já frequenta o Centro desde a sua fundação, aprovou a iniciativa. “Acho muito legal a atitude do CCI de manter contato com os idosos. Eles perguntam como nós estamos, se estamos ficando dentro de casa. Eu gosto de receber a ligação deles”.

Inaugurado em 2009, o Centro de Convivência do Idoso (CCI) funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 17h, na Rua José Martins Nunes, s/n, no bairro Jequitibá, próximo à pracinha da quadra. Durante o mês, o Centro atende a cerca de 350 idosos, e oferece atividades físicas - incluindo modalidades de exercícios para quem tem limitações -, vôlei adaptado, teatro, jogos de salão, grupo de convivência e fortalecimento de vínculo, além de atividades de dança, como forró.

A equipe de trabalho é composta por psicóloga, educadora física, assistente social, auxiliar de serviços gerais e assistente administrativo. O telefone fixo do CCI é o (27) 3270- 7437. Neste período de pandemia, os interessados em obter mais informações sobre as atividades podem ligar para (27) 99866-3911 ou (27) 99602-4227.

TEXTO: Sumaida Zuccolotto
E-MAIL: comunicacao@aracruz.es.gov.br