Data: segunda, 21 de outubro de 2019
Horário de Brasília: 08:02

Força Tarefa de ortopedia em Coqueiral atende mais de 1700 pessoas e desafoga filas de espera

12/08/2019 Vinícius Gardiman
Mais de 40 médicos ortopedistas e 60 enfermeiros atenderam 1728 pessoas, tanto para aquelas que estavam na lista de espera da regulação do SUS, quanto as que não estavam

Mais de 40 médicos ortopedistas e 60 enfermeiros atenderam 1728 pessoas, tanto para aquelas que estavam na lista de espera da regulação do SUS, quanto as que não estavam

Intitulada “...aqui a fila anda!”, a Secretaria de Saúde da prefeitura de Aracruz, em parceria com o Hospital e Maternidade São Camilo e Associação Vidas, promoveu neste sábado (10/08), das 08h às 17h, na Unidade de Saúde do bairro Coqueiral, mais uma grande Força Tarefa pra desafogar as filas de espera, desta vez para consultas e exames na especialidade de ortopedia.

Mais de 40 médicos ortopedistas e 60 enfermeiros atenderam 1728 pessoas, tanto para aquelas que estavam na lista de espera da regulação do SUS, quanto as que não estavam. Foram realizados 327 exames, além de outras três intervenções cirúrgicas de urgência. Uma estrutura para a recepção com grandes tendas e cadeiras foi montada para recepcionar a todos, que esperaram as consultas com o máximo de conforto possível.

Antes mesmo dos atendimentos começarem, os pacientes passaram por uma triagem com medição de glicemia, peso e pressão, para depois tomarem um café. Houve uma grande integração das Secretarias de Administração e Recursos Humanos (SEMAD), Agricultura (SEMAG), Saúde (SEMSA), Turismo e Cultura (SEMTUR), Transportes e Serviços Urbanos (SETRANS), dentre outras, que de uma forma direta ou indireta, buscaram um objetivo comum, que é oferecer à população um serviço de qualidade.

O prefeito Jones Cavaglieri compareceu na abertura da força tarefa e deixou uma fala de agradecimento. “Nesse dia de hoje, primeiramente eu gostaria de agradecer a vocês que aceitaram nosso convite, pois assim nós poderemos diminuir ainda mais a fila de espera. Encontramos em 2017 14 mil pessoas esperando por uma consulta, exame ou uma cirurgia. Já estamos conseguindo zerar essa fila, sendo que com essa força tarefa de hoje, ficaremos com menos de mil pessoas na fila. E com isso, em termo de saúde no Brasil, estamos muito na frente da maioria dos municípios. Esta é a nossa meta e desejo, pois quando assumimos, focamos para atender as pessoas, aonde elas estivessem, e o que elas necessitassem”, ressalta.

Jones ainda agradeceu o apoio das parcerias e do voluntariado. “Queria agradecer as parcerias que foram feitas aqui entre a prefeitura, Hospital São Camilo e Associação Vidas, que muito nos ajudaram, além dos voluntários, que estão aqui hoje por amor ao próximo, além é claro, de todo corpo técnico e administrativo da Secretaria de Saúde que não mediu esforços para ajudar nessa ação de hoje. Estamos trabalhando para que a população de Aracruz seja atendida da melhor forma, e isso não tem preço. Parabéns a todos os envolvidos e muito obrigado”, comemora.

A paciente Marilza Vicente Vieira, de 56 anos, comentou sobre a recepção e o atendimento que teve durante a força tarefa. “Estou achando toda ação muito boa. Estava esperando por essa consulta para olhar meu joelho há mais de três meses, e agora eu consegui. Fico feliz com essa iniciativa da prefeitura, pois assim temos a atenção que merecemos”, diz.

“...aqui a fila anda!”
Essa força tarefa foi uma continuação da primeira, realizada em junho de 2018, quando foram realizados atendimentos oftalmológicos e odontológicos e ortopédicos. Foram 50 médicos, sendo 25 oftalmologistas e outros 25 ortopedistas, além de cinco dentistas e cinco médicos clínicos.

Na ocasião, os atendimentos realizados superaram os programados, sendo que a Secretaria de Saúde planejava atender 1500 pacientes de oftalmologia, porém atendeu 1727. Nas consultas de ortopedia, que estavam planejados mais 500 atendimentos, foram atendidos 549, entre consultas e retornos para exames.

Já em agosto de 2018 aconteceu outra grande força tarefa em uma ação que contou com 25 médicos, entre ginecologistas, mastologistas e clínico geral. Uma equipe composta por enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e conselheiros comunitários da saúde, além de todo corpo técnico e administrativo da Secretaria de Saúde, ofereceu consultas e coleta preventiva giecológica já agendadas pela central de regulação do SUS.

CLIQUE AQUI e confira a galeria de imagens

TEXTO: Renato Lana
E-MAIL: rfaria@aracruz.es.gov.br