Data: terça, 18 de junho de 2019.
Horário de Brasília: 04:44

EMEF Marechal Costa e Silva realiza momento de contação de história para alunos do 1º ao 5º ano

16/04/2019 divulgação
A secretária de Turismo e Cultura de João Neiva, Bárbara Girelli, que também é professora, encantou a todos com suas contações de histórias na companhia do músico André

A secretária de Turismo e Cultura de João Neiva, Bárbara Girelli, que também é professora, encantou a todos com suas contações de histórias na companhia do músico André

Em menção ao Dia Nacional do Livro Infantil, comemorado na próxima quinta-feira (18/04), a EMEF Marechal Costa e Silva, bairro Vila Rica, promoveu na tarde desta segunda-feira (15/04) um grande momento de contação de história com alunos do 1º ao 5º ano. A ação também faz parte do Projeto Comunidade de Leitores que faz da escola um centro de leitura e um lugar de encontro entre leitores.

A dramatização ficou por conta da Secretária de Cultura da prefeitura de João Neiva, Bárbara Girelli, que na companhia de um violonista fez uma dramatização aos alunos tendo como referências as histórias dos livros “O pescador, o anel e o Rei” da autora Bia Bedran e “O Grande Rabanete, de Tatiana Belinky.


A diretora Índia Mara Bitti Magalhães Rocha acompanhou a performance da dupla e falou como essas contações levam o aluno à busca pela leitura. “A gente busca inserir hábitos de leitura, seguindo as diretrizes do PVE, em nossos alunos pois é muito importante que eles descubram que ler não é só uma atividade útil, mas divertida e prazerosa, por isso os estimulamos desde cedo. Estamos aproveitando a semana onde comemoramos o Dia Nacional do Livro Infantil que é 18 de abril, a secretária de Turismo e Cultura de João Neiva, Bárbara Girelli, que também é professora, encantou a todos com suas contações de histórias na companhia do músico André. Foram momentos estimulantes e dinâmicos”, afirma.

Dia Nacional do Livro Infantil
No dia 18 de abril é comemorado o Dia Nacional do Livro Infantil. A data foi escolhida em homenagem a Monteiro Lobato, escritor que, como poucos, dedicou-se à literatura infantil no Brasil. Ela foi instituída em 2002, ano em que foi criada a Lei 10.402/02, registrando a data de nascimento de Monteiro Lobato como o dia oficial da literatura infantojuvenil.

Ele foi um escritor brasileiro que muito contribuiu com obras célebres para o público adulto, porém também deixou um enorme legado para a literatura infantojuvenil, já que mais da metade de seus livros era dedicada a esse público. Sua primeira história infantil, “A menina do narizinho arrebitado”, publicada em 1920, e o sucesso do livro fez com que outros tantos surgissem, imortalizando as personagens Dona Benta, Pedrinho, Narizinho, Tia Nastácia, Emília, o Visconde de Sabugosa, entre outros, que posteriormente seriam eternizados no famoso programa de TV produzido no final dos anos 1970 até meados dos anos de 1980 e retomado no final dos anos de 1990 até meados dos anos 2000.

 

 

TEXTO: Renato Lana
E-MAIL: rfaria@aracruz.es.gov.br