Data: sexta, 16 de novembro de 2018.
Horário de Brasília: 10:18

Produtores rurais de Aracruz participam de encontro do Concurso “Inovação no Campo”

14/09/2018 Luan Lopes
O prefeito Jones Cavaglieri recebeu os produtores rurais no encontro e disse que é dever e obrigação de seu governo ajudar o homem do campo

O prefeito Jones Cavaglieri recebeu os produtores rurais no encontro e disse que é dever e obrigação de seu governo ajudar o homem do campo

A Secretaria de Agricultura da prefeitura de Aracruz recebeu na manhã desta sexta-feira (14/09) representantes das 18 famílias aracruzenses que participaram do Concurso “Inovação no Campo”, promovido pela Secretaria Municipal de Agricultura (SEMAG) e pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (INCAPER). A premiação desse concurso aconteceu durante a realização da quarta ExpoAgro Vidas, de 03 a 05 de agosto, quando três famílias de produtores rurais foram premiadas.

Esse encontro veio para apresentar os resultados promovidos pelo concurso, além de oferecer aos produtores rurais uma troca de experiência entre eles próprios, que ainda puderam fazer encaminhamentos e sugestões junto aos Governos Municipal e Estadual. O evento contou com as presenças do Prefeito Jones Cavaglieri, o Secretário interino de Agricultura, Paulo Neres, além do Engenheiro Agrônomo do Incaper, Almir Vianna.

Paulo Neres deu as boas vindas aos produtores rurais. “Bom dia. Estamos muito felizes em recebê-los. Esse encontro de hoje será um de vários outros eventos que vamos desenvolver, pois temos uma determinação que é olhar com muito carinho para o homem do campo. Também já estamos desenvolvendo um trabalho voltado para a segurança nessas áreas e em breve teremos algo palpável para apresentar a vocês”, diz.

O prefeito Jones Cavaglieri também disse que é dever e obrigação de seu governo ajudar o homem do campo. “Temos que dar a essas pessoas uma condição melhor para uma vida digna. A tecnologia chegou e veio para ficar, e na área rural não é diferente. Por isso temos que inovar”, comenta. Ainda de acordo com Jones, a prefeitura está licitando a contratação de novas máquinas patrol para poder manter com regularidade as estradas que dão acesso às propriedades em boas condições.

Na sequência o Engenheiro Agrônomo do Incaper, Almir Vianna, um dos responsáveis pela promoção do concurso, falou de seu propósito e como foi a concepção para montar o projeto, que veio para estimular e incentivar o produtor a permanecer no campo produzindo e alimentando a cidade. “Hoje vamos mostrar o que aconteceu com as famílias que participaram e o que mudou nas áreas social, ambiental e econômica. Esses resultados servem como matéria-prima para que nós do setor público possamos nos planejar para melhor atendê-los”, explica.

De acordo com Almir, desde os tempos da colonização até os dias de hoje, a agricultura evoluiu de uma forma exponencial. “Hoje temos tecnologias como a irrigação por gotejamento e fertirrigação, temos a biotecnologia para o melhoramento genético dos alimentos (transgênicos), o que permitiu ao homem do campo produzir em maior e melhor escala. Sem a tecnologia e a inovação, hoje em dia não conseguiríamos produzir os alimentos suficientes para atender a todos”, ressalta.

Concurso Inovação no Campo
Almir disse aos produtores que a ideia de se criar esse concurso veio justamente para identificar e destacar aquele produtor que vem inovando e fazendo algo diferente em sua produção, e assim poder premiá-lo. “Foi uma ótima oportunidade de conhecer novas e exitosas experiências do homem do campo de Aracruz. Temos aqui pessoas que já fazem a diferença. Todos os 18 produtores que participaram tiveram algo para mostrar e contribuir com a sociedade. É muito importante que as inovações tecnológicas e sustentáveis sejam socializadas para que essas pessoas sejam reconhecidas e destacadas e assim, influenciar outras”, afirma.

Com o tema “sustentabilidade” o concurso veio para promover um equilíbrio fazendo com que a produção venha com qualidade e sem prejuízo ao meio ambiente. No quesito economia, o produtor teve que apresentar uma gestão da propriedade e a lucratividade. No social, a qualidade de vida de sua família, e no ambiental, o cuidado com a água.

TEXTO: Renato Lana
E-MAIL: rfaria@aracruz.es.gov.br