Campeonato Indígena de Futebol: Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude resgata torneio após 15 anos

12/03/2018 Renato Lana
Os índios tupiniquim apresentam a tradicional dança dos guerreiros durante cerimônia de abertura

Os índios tupiniquim apresentam a tradicional dança dos guerreiros durante cerimônia de abertura

O campo de futebol da Aldeia Pau-brasil, recebeu na tarde deste sábado (10/03), uma bela cerimônia de abertura do Campeonato Indígena de Futebol. O evento contou com as presenças do prefeito de Aracruz, Jones Cavaglieri, os secretários Luciano Forrechi (Administração e Comunicação), Zamir Gomes (Finanças), Emerson Nascimento (Esporte, Lazer e Juventude), o presidente da Câmara, Alcântaro Filho, e os caciques Valdeir (aldeia pau-brasil) e Gilcimar (aldeia Irajá), além do presidente da Associação Indígena Tupi-Guarani (AITG), Douglas.

O torneio, que não acontecia há aproximadamente 15 anos, voltou a fazer parte do calendário de eventos da secretaria de Esporte, Lazer e Juventude. O secretário Emerson, agradeceu o empenho de todos os envolvidos. “Agradeço o empenho de cada equipe em participar, pois trata-se de um evento que ajuda a resgatar nossa cultura. Um campeonato indígena não podia ficar tanto tempo parado. A partir de agora ele faz parte de nosso calendário e acontecerá todos os anos”. O presidente da Associação Indígena Tupi-Guarani (AITG) Douglas falou da parceira da Associação com a prefeitura. “É muito gratificante a gente ver nossa cultura sendo resgatada também por meio do esporte. Eu só tenho a agradecer essa parceria entre a prefeitura e nossas aldeias”, completa.

No início da cerimônia de abertura todos presentes ouviram a execução do Hino Nacional Brasileiro. Logo em seguida, os seis times participantes, Areal, Boa Esperança, Caieiras Velha, Comboios, Irajá e Pau Brasil, foram apresentados um a um, e dispostos em filas indianas, ouviram a leitura do juramento do torneio em português, e em Guarani. Dando continuidade à cerimônia, foi a vez dos guerreiros tupiniquins fazerem uma apresentação de sua tradicional dança com lanças.

Antes mesmo da bola rolar na partida de abertura entre Pau-brasil x Irajá, o prefeito Jones Cavaglieri falou aos presentes da importância em resgatar esse torneio, “Que esse momento aqui hoje se torne um marco em Aracruz. Nosso município é o único no estado que ainda possui índios aldeados. Sendo assim, queremos fazer que esta ação se torne uma marca”, ressalta.

O prefeito declarou aberto os jogos do Campeonato Indígena de Futebol e agradeceu o apoio de todos, para que o campeonato pudesse voltar a ser disputado. Quero aqui parabenizar a todos, pela dedicação, empenho e iniciativa. Essa competição já não acontecia há 15 anos, e agora volta a nos alegrar. O município quer estar lado a lado e ombreado com vocês. A partir de agora, declaro oficialmente aberto o Campeonato indígena de Futebol, sucesso a todos”.

O campeonato
No jogo de abertura, a equipe do Irajá venceu por 9 x 4 o time do Pau Brasil. No domingo (11/03), ocorreram mais dois jogos, Caieiras Velha 4 x 0 Boa Esperança e Areal 1 x 3 Comboios. Todas as seis equipes jogam entre si e as quatro melhores se classificam à semi-final e final. Além do campo em pau-brasil, os jogos acontecem também nos campos de Irajá, Comboios e Caieiras velha aos domingos a partir das 15hs. 

 

  

  

  

TEXTO: Renato Lana
E-MAIL: rfaria@aracruz.es.gov.br